LUZIÂNIA SE IMPÕE, VENCE FORA E CONTINUA COM CHANCES

 

Rigorosamente empatados em número de pontos (2) e saldo de gols (-1)  no Grupo A11 do Campeonato Brasileiro da Série D 2016, Sinop-MT e Luziânia-DF duelaram neste domingo (3), no estádio Gigante do Norte. Com a vitória suada por 3 x 2, o representante do Distrito Federal subiu para cinco e continua na luta pela classificação, agora na segunda colocação da chave. Já o time da casa permaneceu com dois e deu adeus ao sonho de ir para a 2ª fase da competição.

 

Apresentando uma ideia clara de jogo, com a intenção de vencer para continuar na briga por uma vaga na próxima fase, o Luziânia saiu atrás no marcador, aos 21 minutos, em uma bobeira na saída de bola. O meio-campo Tom aproveitou e bateu para a meta de Edmar Sucuri, que não conseguiu segurar, 1 x 0.

 

Entretanto, o time candango não se abateu e, assim como foi no início do duelo, voltou a fazer pressão na defesa adversária. Tanto que aos 43 minutos, Giba escorou de cabeça o cruzamento do volante Aldo. Final de primeiro tempo e os jogadores foram para os vestiários com a igualdade no placar, 1 x 1.

 

Na volta, o Azulino do Entorno continuou jogando com segurança, em busca da virada. O triunfo veio com dois lances rápidos. Aos 29 minutos, após falha da zaga do Galo do Norte, Laionel, que acabara de entrar na partida, concluiu com maestria, 2 x 1 para os visitantes. Logo em seguida, aos 31’, Aldo invadiu a área e arrematou para fazer 3 x 1.

 

Porém, com o marcador favorável os visitantes ainda levaram um gol marcado por Cabralzinho, depois que Edmar Sucuri deu rebote na bola chutada por Dourado. Mas, ficou por aí. Com o resultado de 3 x 2 fora dos seus domínios, o Luziânia volta ao páreo na Chave A11. Já os mato-grossenses não têm mais chances de classificação.

 

Enquanto o Sinop-MT vai apenas cumprir tabela contra o Sete de Setembro-MS na 5ª rodada, no estádio Douradão em Dourados-MS, às 16h do domingo (10), o Luziânia vai para nova batalha fora de casa. O rival da vez é o Anápolis-GO, no mesmo dia e horário, no Jonas Duarte, no interior goiano.

 

Veja a matéria no EC

Texto de Haland Guilarde (Esporte Candango)

Voltar para Notícias